...collaborate on

Enunciados Propostos para a disciplina de Projecto/Seminário do MICEI2004

Mestrado em Informática e Curso de Especialização em Informática (MICEI)
2003/2004

José Carlos Ramalho
jcr@di.uminho.pt
http://www.di.uminho.pt/~jcr/


Índice

[1.projectos];[2.editora];[3.rep-exames];[4.workflow];[5.e-learning2];[6.web-service];[7.stylesheets];[8.transformações]; [9.gerador-de-compiladores];

1. Criação de um repositório digital de projectos

[Voltar ao índice] [Anterior] [Seguinte]

Palavras-chave
Programação Web; Bases de Dados Relacionais; XML;

Nos últimos anos, tem-se assistido ao desenvolvimento de um grande número de projectos por parte de alunos finalistas, especialmente na disciplina de Opção III. Muitos dos resultados desses projectos ficam esquecidos por não terem uma divulgação conveniente. Neste projecto, pretende-se criar um repositório digital de projectos que terá uma interface Web para permitir aos utilizadores consultar os dados dos projectos e ter acesso aos "deliverables" dos mesmos.

Já existe um estudo sobre a metainformação necessária para catalogar um projecto. Pretende-se que o aluno parta desta base para criar um modelo relacional para guardar este tipo de informação. Posteriormente deverão ser desenvolvidas duas interfaces Web para o repositório: uma de administração que permitirá acrescentar projectos, retirá-los, limitar acessos, e outra de consulta.


2. Desenvolvimento de um protótipo de uma linha editorial

[Voltar ao índice] [Anterior] [Seguinte]

Palavras-chave
XML; HTML; LaTeX? ; XSL; XSLFO;

Neste projecto, pretende-se criar uma linha editorial baseada em standards. Desta forma, deverão ser desenvolvidas ferramentas para suportar a edição de conteúdos em XML e respectivas transformações para "Flow Objects" (forma standard para representar objectos tipográficos).

Como caso de estudo o aluno deverá considerar o Schema já desenvolvido para relatórios e deverá ampliá-lo para poder ser utilizado em teses de dissertação.

O projecto terá as seguintes etapas: especificação dos tipos de documentos a tratar (XML Schema), especificação da forma final (HTML, LaTeX? , XSLFO) e especificação das transformações via "Flow Objects" (XSL: uma para a Web e outra para PDF).


3. Repositório de exames

[Voltar ao índice] [Anterior] [Seguinte]

Palavras-chave
Bases de Dados Relacionais; XML; XSL; HTML; CGI; PHP;

No que respeita a provas de avaliação, a tarefa de um professor é muito repetitiva e, normalmente, há uma grande sobreposição em exames da mesma disciplina. Daqui surgiu a ideia de criar um repositório de questões e as correspondentes ferramentas de gestão com as quais será possível construir exames, e manter viva toda uma memória digital.

Para atingir os objectivos, o aluno começará por fazer um levantamento do tipo de questões e exames que poderão existir (já existe um estudo prévio que poderá ser usado). Desta fase, espera-se que surja um pequeno XML Schema que modele uma questão, a partir desse Schema deverá ser derivado um modelo relacional. Deverão ser introduzidos vários exames e questões para testar a validade do modelo.

Numa fase posterior, o aluno deverá implementar uma ferramenta de gestão com a qual seja possível construir exames (seleccionando questões da base de dados), acrescentar questões, criar novas versões de questões já existentes, e outras operações que entretanto surjirão.


4. Especificação e geração de um ambiente de suporte ao workflow de aplicações distribuídas por Web Services

[Voltar ao índice] [Anterior] [Seguinte]

Palavras-chave
Workflow; XML; Web Services; WSDL;

Os Web Services são uma nova tecnologia emergente que está a sofrer uma enorme evolução. A ideia de expôr aplicações via Web de uma forma normalizada e neutra veio de encontro a uma grande necessidade existente na área de desenvolvimento de aplicações distribuídas que estão a entrar numa nova geração com as plataformas para desenvolvimento de aplicações para comércio electrónico.

Neste projecto, parte-se do princípio de que uma aplicação informática é composta por vários componentes de software em que cada um destes é uma entidade individual e que está acessível via Web como um Web Service.

A ideia principal é a de criar uma plataforma para especificação de workflow em que os intervenientes serão Web Services remotos. Para tal, o aluno deverá começar por criar uma linguagem para especificação de workflows. Depois irá criar um processador que a partir de uma destas especificações gere uma aplicação distribuída composta por Web Services remotos.


5. Produção de Conteúdos para E-Learning (2)

[Voltar ao índice] [Anterior] [Seguinte]

Palavras-chave
XML; XSL; HTML; CGI; php/python; SCORM/IMS;

No momento, o E-Learning já é uma realidade no ensino. Existem muitas plataformas, designadas por LMS ("Learning Management Systems"), que fornecem um conjunto de funcionalidades interessantes como: a gestão do dossier da disciplina, gestão de alunos, control de acessos, assiduidade, ... No entanto, praticamente nenhuma plataforma oferece suporte à produção de conteúdos.

Nesta dissertação, pretende-se que o candidato realize um estudo do estado actual das normas do E-Learning relativas à produção de conteúdos e que especifique uma arquitectura baseada na tecnologia XML para o efeito. Deverão ser previstos dois tipos de resultados: uma versão Web dos conteúdos e uma versão papel (PDF).

Como caso de estudo, o candidato deverá abordar o subtema das aulas "online": tipos de aula, organização, vários tipos de acesso consoante o tipo de aluno, interface Web, norma IMS, ...

A arquitectura especificada deverá exportar os conteúdos de forma compatível com a norma SCORM.


6. Integração de WASL com XML Web Services

[Voltar ao índice] [Anterior] [Seguinte]

Palavras-chave
WASL; XML; XSL; WSDL; .Net; J2EE? ; SOAP::Lite;

Os Web Services são uma nova tecnologia emergente que nos próximos tempos irá sofrer uma enorme evolução. A ideia de expôr aplicações via Web de uma forma normalizada e neutra veio de encontro a uma grande necessidade existente na área de desenvolvimento de aplicações distribuídas que estão a entrar numa nova geração com as plataformas para desenvolvimento de aplicações para comércio electrónico.

Em 2002, o então candidato a mestre Alexandre Martins desenvolveu uma linguagem XML, de nome WASL, com a qual é possível especificar aplicações Web focando especialmente as aplicações com forte interacção com bases de dados.

No contexto desta tese, pretende-se estudar uma extensão ao sistema então desenvolvido em que a interacção com as bases de dados é realizada através de Web Services.

Como caso de estudo o aluno deverá implementar a pesquisa na base de dados de "Inquirições de Génere" e a aplicação de submissão e consulta de trabalhos práticos.


7. Stylesheets XSL de segunda geração

[Voltar ao índice] [Anterior] [Seguinte]

Palavras-chave
XML; XSL;

O desenvolvimento de stylesheets XSL não é uma tarefa simples. Em muitos tipos de aplicações as stylesheets que é necessário desenvolver são muito semelhantes. Nalgumas aplicações, como o XCSL, o Schematron, o XDBTL e o GraphoTron? , automatizou-se parte do sistema criando um segundo nível de stylesheets a partir duma interface simplificada em XML.

Nesta tese, pretende-se que o candidato estude o problema com o objectivo de especificar formalmente um sistema deste tipo generalizando a solução para este tipo de necessidades.

Como caso de estudo, pretende-se que o candidato generalize as implementações dos sistemas XCSL e XDBTL.


8. XPDL e álgebra de processos

[Voltar ao índice] [Anterior] [Seguinte]

Palavras-chave
XML; Processos; XSL; Petri-Nets; CCS;

Foi lançada recentemente a norma XPDL ("XML Pipeline Definition Language"). Em termos gerais, o XPDL deverá ser utilizada para a especificação de cadeias de processos e transacções.

Nesta tese, pretende-se que o aluno faça um estudo comparativo das possibilidades do XPDL com metodologias mais formais como as redes de Petri ou o CCS, e outras mais recentes como a LRT ("Long Runtime Transactions").

Como caso prático de implementação o aluno deverá criar uma plataforma baseada no XPDL para o controle de execução de aplicações como o XCSL e o XDBTL.


9. Desenvolvimento de um gerador de compiladores para a plataforma .Net

[Voltar ao índice] [Anterior] [Seguinte]

Palavras-chave
.Net; Compilação; Geração de Código;

A Microsoft está a apostar fortemente na plataforma .Net para desenvolvimento de aplicações. Uma das características fulcrais desta plataforma é o seu poderoso back-end capaz de estabelecer a ponte entre vários componentes de software especificados em linguagens diferentes.

Nesta tese, pretende-se explorar este back-end, nomeadamente a linguagem suportada por ele, a IL ("interface language"). Qualquer compilador que gere IL pode gerar binários Windows. Assim, pretende-se, através de técnicas bem conhecidas de compilação, colocar a funcionar na plataforma um gerador de compiladores com geração de código IL (provavelmente o projecto consistirá em criar algumas extensões à ferramenta byron - um gerador muito semelhante ao yacc mas com capacidade para gerar e manipular a árvore de sintaxe abstracta.


r5 - 12 Feb 2007 - 19:52:51 - JoseBacelarAlmeida
This site is powered by the TWiki collaboration platformCopyright © by the contributing authors. All material on this collaboration platform is the property of the contributing authors.
Ideas, requests, problems regarding TWiki? Send feedback
Syndicate this site RSSATOM